Marco Antonio Carbonari, dono da vinícola Villa Santa Maria, conta que o famoso vinho tinto é produzido com a mais popular uva para produção de vinhos em todo o mundo e, ainda por cima, traz benefícios à saúde. A popularidade do Cabernet Sauvignon vem de sua fácil adaptação a diferentes terroirs e aos vinhos da mais alta qualidade que daí resultam. O especialista nos mostra alguns estilos deste tipo de vinho e suas possíveis combinações. Confira:

  • Entradinhas leves: o vinho combina com espetinhos, bruschetta com tomates frescos, azeite de oliva e rúcula. Marco Antonio Carbonari explica que o frescor e a leveza da comida não massacram o sabor do vinho, pelo contrário, será uma harmonização perfeita para um momento agradável.
  • Massas: a harmonização mudará muito a depender da receita do molho, por exemplo, a combinação com macarrão, pizza ou lasanha. O vinho Cabernet é fácil de combinar com temperos de sugo e molho de carne, até mesmo calabresa e, também, é muito adequado para uso com temperos que contenham vegetais, como pimentão, por causa do teor de taninos.
  • Carnes: nada como um bom corte para acompanhar o aroma do Cabernet Sauvignon. O vinho combina muito com carnes mais pesadas, como cortes bovinos, com destaque para a costela e o contrafilé. Marco Antonio Carbonari dá a dica de harmonizar a carne não só na hora de beber, mas também ao preparar, assim, se tem a certeza de que todos os sabores ficarão igualmente destacados, sem que um dos itens se sobreponha ao outro no paladar.
  • Tábua de frios e petiscos apimentados: o sabor do queijo deve ser combinado com o sabor do vinho, então, se for usar queijos fortes, acompanhe com vinhos mais intensos. O Cabernet Sauvignon basileiro costuma ser acompanhado por salame, castanhas temperadas e queijos como o brie, gorgonzola e o provolone. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui