A antiga casa de Gianni Versace em Manhattan foi colocada à venda por US$ 70 milhões, ou cerca de R$ 350 milhões.

O falecido estilista comprou a mansão de sete quartos em 1995 e reformou totalmente o interior, de acordo com a lista da Sotheby’s International Realty.

A mansão, construída em 1950, oferece ao comprador a chance de “viver como a realeza” e “possuir um pedaço da história imobiliária e da moda”, diz o anúncio.

Com 17 quartos luxuosamente decorados, distribuídos por seis andares, a propriedade tem vista para a Quinta Avenida e fica ao lado do Central Park.

Os pisos são de mármore italiano e parquet austríaco. São cinco lareiras, paredes e tetos pintados e mosaico.

“O gênio e a visão da Versace são revelados nos primeiros 4 andares, cada um apresentando o gosto lendário do designer”, acrescenta o anúncio.

Cada andar da mansão tem um tema diferente.

A entrada se abre para uma escada de mármore e uma galeria com uma borda decorativa de padrão grego, e o nível do jardim tem paredes de lona pintadas à mão inspiradas em uma mansão neoclássica inglesa.

No terceiro andar há um teto que lembra a abóbada da Capela Sistina, ao lado de painéis restaurados do século 19 provenientes de um palácio florentino.

O nível acima oferece um spa com banheiro duplo que a lista descreve como “um dos mais grandiosos da cidade”, e o quinto e sexto andares abrigam quartos e uma sala de mídia em estilo marroquino.

Versace foi uma das figuras mais influentes da moda no século 20.

Ele surgiu com sua primeira coleção independente em Milão em 1978 e estabeleceu sua marca com seu irmão, Santo, e sua irmã, Donatella, segundo o Victoria and Albert Museum, de Londres.

Seus designs são conhecidos por suas silhuetas sedutoras e toque teatral, e foram usados ​​pela realeza da cultura pop, incluindo Naomi Campbell, Jennifer Lopez e Elton John.

Versace foi morto a tiros nos degraus de sua vila em Miami Beach em 1997. Desde sua morte, Donatella Versace continua a liderar a visão criativa da marca – agora sob a empresa norte-americana Capri Holdings, que comprou a marca em 2018.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui