Mariah Carey foi processada nesta sexta-feira (3) por um compositor que disse ter co-escrito uma música com o mesmo título do clássico natalino “All I Want for Christmas Is You”, de 1994, cinco anos antes do lançamento da canção da estadunidense.

Em uma ação apresentada no Tribunal Federal de Nova Orleans, Andy Stone está buscando uma indenização de pelo menos 20 milhões de dólares de Carey, seu co-autor e a Sony Music Entertainment por violação de direitos autorais e apropriação indevida, entre outras alegações.

Stone, que se apresenta como Vince Vance com a banda country-pop Vince Vance & the Valiants, acusou os réus de terem explorado ilegalmente sua “popularidade e estilo único” e causado confusão ao gravar a nova música sem sua permissão.

As músicas de Carey e Stone têm letras e melodias diferentes.

Porta-vozes de Carey e da Sony Music não responderam imediatamente aos pedidos de comentários.

A música de Carey apareceu em seu álbum “Merry Christmas” e há muito tempo é tocada no rádio e em lojas durante a temporada das festas.

Ela também liderou a parada Billboard Hot 100 todos os anos desde 2019, apesar de ter sido gravada um quarto de século atrás. “All I Want for Christmas Is You” foi a 19ª música de Carey a chegar ao primeiro lugar lista, uma a menos que os Beatles.

Stone disse que sua própria música foi “extensivamente tocada” durante a temporada de Natal de 1993, e também apareceu nas paradas da Billboard.

A ação diz que os advogados de Stone entraram em contato com os acusados pela primeira vez em abril de 2021 sobre seu suposto uso não autorizado, mas “não conseguiram chegar a um acordo”.

Os advogados de Stone ainda não retornaram os pedidos de comentários adicionais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui